Feira do vinil do Rio de Janeiro homenageará Wilson das Neves

 
 
 

Chegando em sua primeira edição de 2016, neste domingo dia 19 de junho, a Feira do Vinil do Rio de Janeiro homenageará com um troféu o sambista, baterista, cantor e compositor carioca Wilson das Neves, que no último dia 14 completou 80 anos. Um dos maiores nomes do ritmo brasileiro, tocou com mais de 750 artistas e participou de mais de 600 gravações com figuras célebres como Tom Jobim, Elis Regina, Jorge Ben, Nara Leão, Carlos Lyra, Ney Matogrosso, João Bosco, Maria Bethânia, Gal Costa, Emílio Santiago, Nelson Gonçalves, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Alcione, entre vários artistas da primeira linha da MPB, bem como renomados artistas internacionais como Michel Legrand, Toots Thielemans, Sarah Vaughan e Sean Lennon.

Como compositor, possui mais de 200 músicas e é parceiro de Aldir Blanc, Paulo Cesar Pinheiro, Nei Lopes, Ivor Lancellotti, Claudio Jorge,Marcelo Amorim, Moacyr Luz e Chico Buarque, com quem toca desde 1982. Além de continuar a acompanhar este último, desde 2003 é integrante do grupo Orquestra Imperial e nos últimos anos fez participações com artistas mais novos como o rapper Emicida e ainda se aventurou no cinema no filme Noel – poeta da vila no papel do cantor e motorista Papagaio.

 
 

 Discografia própria de Wilson das Neves

 

  • Elza Soares – Baterista: Wilson das Neves (1968 – Odeon)
  • Juventude 2000 – Wilson das Neves e seu Conjunto (1968 – Parlophone/Odeon)
  • Som Quente É o das Neves – Wilson das Neves e seu Conjunto (1969 – Polydor)
  • Samba Tropi – Até aí morreu Neves – Wilson das Neves e seu Conjunto (1970 – Elenco/Philips)
  • O Som Quente É O Das Neves – Wilson das Neves E Seu Conjunto (1976 – Underground/Copacabana)
  • O Som Sagrado de Wilson das Neves (1996 – CID)
  • Brasão de Orfeu (2004 – Acari Discos/Biscoito Fino)
  • Samba de Gringo 2 (Bina & Ehud -2006)
  • Pra Gente Fazer Mais Um Samba (2010 – MP,B/Som Livre)
  • Se me chamar, ô sorte (2013 – MP,B/Som Livre)

 
 

 Wilson das Neves com Chico Buarque cantando Grande Hotel

 

 
 

Feira do Vinil

 

As edições da Feira do Vinil do Rio na Zona Sul são duas vezes ao ano. Domingo, em sua 17ª edução, o evento retorna ao Instituto Bennett, onde o evento costuma colocar em torno de dois mil visitantes a cada edição, graças ao empenho do produtor Marcelo Maldonado, do curador artístico Marcello MBGroove (coletivo Vinil É Arte) e dos idealizadores Marcos Oliveira e Mauricio Gouveia (Livraria Baratos da Ribeiro). A feira tem o apoio da Satisfaction Discos e, assim como a anterior, será cobrada como entrada 1 kg de alimento, a ser doado para a instituição Lar de Tereza.

 Além da entrega do troféu, vai acontecer, no dia, o Encontro Box Beat, que reunirá beatmakers, produtores e interessados para, ao decorrer da feira, produzir beats que serão sampleados de um único LP do Wilson das Neves, previamente escolhido pela produção da feira. Ao final, do dia, os beats – produzidos em cima da música original do homenageado –  serão apresentados para o publico presente. Ao longo de toda a tarde, DJs e seletores cariocas apresentarão sets exclusivos 100% em vinil.

 


 

Além da habitual apresentação de DJs, estarão reunidos mais de 60 expositores de todo o Brasil. Do Rio, estarão presentes, dentre outros, a Tropicália Discos, a Sempre Música, a Arquivo Musical, além da Livraria Baratos da Ribeiro e da Satisfaction. Os paulistas serão representados pela Locomotiva, Neves Record, Groovnet rec, Mafer Discos, Sensorial e Zóyd, só para citar algumas. A feira terá também estandes de venda de CDs, equipamentos de áudio, marcas de roupas e acessórios com esta temática.

No país, as feiras de vinil têm mobilizado expositores e apaixonados de todos os estilos e gostos. Em São Paulo, por exemplo, com três produtores diferentes organizando feiras regularmente – o mais antigo deles, Tangerino, está em atividade há mais de 20 anos. Em Belo Horizonte, a Discoteca Pública já promoveu mais de 20 edições na cidade, e até Curitiba já tinha há anos um evento de relevância internacional. A maior feira mundial do gênero acontece em Utrecht, na Holanda, e a cada semestre reúne uma média de 2 mil expositores, vindos de todos os cantos do planeta, num centro de convenções tão imenso quanto o Rio Centro.

 
 

SERVIÇO: 17° Feira de Discos de Vinil do Rio de Janeiro

 
Dia: 19 de junho, domingo
Horário: das 11:30h às 20h
Local: Instituto Bennett
Endereço: Rua Marques de Abrantes, 55, Flamengo
Entrada: 1 kg de alimento não perecível
Classificação: livre
Informações: 21-98181-9733
 
 

Mais Wilson das Neves

 

Na bateria em Essa Moça Tá Diferente – Instrumental


 

O primeiro álbum próprio, com Elza Soares

 

 
 
 
 
 

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *