Final Festival Sangue Novo – Resultado

 
 

Uma noite transcendental – assim poderia ser descrita a noite em que o Festival Cultural Sangue Novo chegou ao seu ápice na grande final no último dia 18 de dezembro em Juiz de Fora. O público compareceu em grande estilo enchendo a casa para prestigiar esta nova onda do cenário autoral da cidade e região. Muitos consideraram esta data como o começo de uma cena. Se tal “profecia” se dará, somente a manutenção da cena e o envolvimento contínuo daqueles que participaram, mais os que ainda estão por vir é que dirão se o que vimos se manterá. (Confira no final da matéria a cobertura completa da final em uma detalhada galeria de fotos)

Os primeiros passos ocorreram em agosto quando foram definidas as bases do festival visando a melhor forma possível de acolher os artistas e dar condições de facilitar o acesso do público à nova informação musical. Logo após abriram-se as inscrições e 76 bandas de três estados se inscreveram. De setembro pra cá foram sete datas envolvendo a primeira fase eliminatória no Subsolo, as semifinais e grande final no Cultural Bar. Wesley Carvalho, um dos proprietários da casa, afirmou: “animador ver a qualidade, o interesse e a competência musical dos envolvidos na nova cena. Já quero pensar na segunda edição.” Outro proprietário da casa, Marcelão Panisset, disse que novamente, “Juiz de Fora e região surpreendendo musicalmente e concluiu: “Foi um grande sufoco ver tantas boas bandas saírem nas outras fases. A cada uma que saía era sempre uma triste perda. As que avançaram e outras, mesmo as que não foram classificadas, serão aproveitadas na casa e toda região.”

Finalizando, afirmou ainda que, “com certeza estamos construindo para seguir em frente nessa nova e rica cena consolidada.”

 
 

A Grande Final

 

Sete das dez semifinalistas estavam presentes na última noite. Como convidadas, as bandas Contágio e Elefunk (semifinalistas não classificadas para a final) abriram e encerraram o evento, respectivamente, de forma magistral interagindo bastante com o público. Durante as trocas das concorrentes o Encontro de MC’s de Juiz de Fora junto com o Marte MC  não deixaram o público descansar mostrando toda a potência do RAP em seus embates e improvisações fortes. A quarta colocada da fase semifinal, Laura Jannuzzi, infelizmente não participou do certame por incompatibilidade de agenda de alguns músicos que a acompanham.

 
 

As concorrentes

 

A primeira concorrente do dia a se apresentar foi a banda Mauloa (sexta na semi). A banda formada em março deste ano mostrou um repertório empolgante com base no reggae com boas pitadas de ska e soul/funk.

A grande espera da noite por ter sido a primeira na escolha do público na semifinal, Soute,  realizou uma apresentação deixando um pouco de lado a sua vertente inicial, o folk (que a fez ser escolhida para o festival), para fazer um show recheado de sucessos internacionais que animou o público.

No meio do evento, Me Gusta Xagusta (segunda na semifinal) chegou trazendo todo o ar profético e sensorial que permeou suas demais apresentações no festival. Sua sintonia com o público foi sintomática. Ao final da apresentação, os gritos de “já ganhou” do público já previam o que estaria por vir.

A banda Blend 87 trouxe toda a suavidade de uma MPB vigorosa e atualizada. A docilidade de uma bela voz unida aos arranjos sensíveis e bem elaborados foram determinante para uma boa avaliação dos jurados.

Para encerrar os shows das concorrentes, a banda Pathos fez uma apresentação lisérgica que nos remete aos grandes momentos do rock setentista internacional. Um show cheio de energia que contagiou a todos através da presença performática de seus componentes.

 
 

O resultado

 

Enquanto a Elefunk fazia o show de encerramento do festival, a organização contabilizava os votos dos jurados e do público para que, de acordo com o regulamento, fossem somados e fosse dado o resultado final.

O júri técnico foi composto por cinco partes: Cultural Bar, Show Música e mais três convidados de honra com experiência no ramo musical regional e nacional. No corpo de convidados estavam Julião Júnior – músico experimentado, professor de música e compositor, Emerson Dias Caetano “Eminho” – vocalista da banda Muamba e pelo produtor cultural Beto Campos – organizador das atuais edições do projeto Som Aberto da UFJF. Ao final, de acordo com o capítulo VII do regulamento em seus artigos 33º, 34º, 35º e 36º, foi feita a soma do corpo de júri (que em seu total poderia gerar 500 pontos) com os votos do público que em cabine de votação escolheu as bandas de sua preferência dando 10 pontos para uma e 5 pontos para outra.

*Não divulgaremos a nota identificando os jurados para preservar os mesmos. Porém as bandas possuem total liberdade de consulta à organização para saber as impressões dos mesmos de forma generalizada.

 

Pontuação do júri

 

juri

 

Pontuação do público

 

publico

 

Pontuação final (júri técnico somado ao júri popular)

 
final
 
fimfim
 

A entrega foi apresentada pelo Marte MC (concorrente da primeira fase). A tensão tomou conta de todos os presentes que estavam ansiosos pelo resultado final. Todos foram agraciados com os seus troféus e, por fim, Gustavo Xavier, líder da banda Me Gusta Xagusta fez um discurso emocionado e relatou a importância e a responsabilidade de ter sido o escolhido dentre concorrentes tão gabaritados.

O Show Música parabeniza todos os inscritos e concorrentes. Também aproveita para agradecer a todos os parceiros que acreditaram que existe sim um grande poder na música autoral regional desde que sejam dadas tanto as condições totais e ideais para que essa seja expressada, como a possibilidade de o público ter o acesso facilitado ao evento.

Este foi apenas um pontapé inicial que deu certo. Para que a cena realmente viva independentemente e haja a sua permanência como um todo é necessária a união e presença física e mental tanto de todos aqueles que admiram a música quanto aos músicos que a fazem. Que o sangue novo continue fluindo por muito tempo!

Abaixo como prometido no início deste texto todos os detalhes visuais da Grande Final na nossa…

 
 

Galeria de fotos

 


 
 
 
 
 

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *